publicado a: 2015-11-04

Correio do leitor - 4 novembro

Esta semana respondemos ao leitor Ricardo Santos, que fez a seguinte questão:

Que produtos têm mais tendência a provocar carepa nos frutos e em que momentos (principalmente na Maçã e Pêra)?


A carepa dos frutos resulta de um acumular de células mortas na zona da epiderme ou sub-epiderme do fruto.

Em certas cultivares de macieira é considerada uma característica epidérmica (caso das Reinetas, Cox’s Orange Pippin). Porém, na conhecidíssima cultivar Golden Delicious ela constitui uma característica depreciativa, porque é resultante de um defeito adquirido e não de uma característica genética. Atualmente sabe-se que a carepa pode ser provocada por diversos factores, entre os quais serão de salientar factores climáticos (baixas temperaturas, alternância de humidade e secura, etc.), mas também por tratamentos fitossanitários com determinados produtos.

A carência de boro também aumenta os risco de carepa no fruto. A aplicação de dodina deve ser feita com cuidado. Em períodos de humidade elevada e prolongada que dificultem a secagem da calda, o produto pode provocar carepa na cultivar “Golden Delicious” pelo que convém realizar a aplicação de modo a assegurar uma secagem rápida da calda. A aplicação entre a floração e o vingamento pode causar queda de frutos nalgumas variedades.

A aplicação de alguns produtos de monda química podem também aumentar o risco de carepa sobre o frutos, variando este em função do momento da aplicação e das misturas efetuadas.


Fontes:

Sociedade portuguesa de inovação
DRAPN
SIPCAM
Agriphar


Todas as semanas selecionaremos uma ou mais questões para serem respondidas na nossa newsletter. Envie-nos as suas questões para o email suporte@agrozapp.pt

Comentários

  • Faça login para poder comentar.