publicado a: 2017-05-23

Os insetos polinizadores selvagens desempenham um papel fundamental na produção agrícola mundial

Não só as abelhas, mas também outros insetos polinizadores selvagens, tais como moscas, besouros, mariposas, borboletas, formigas e vespas desempenham um papel fundamental na produção agrícola global. Uma equipa de investigadores do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC) compilou 39 estudos em cinco continentes. Neles comparam-se os benefícios na polinização de insetos selvagens com as abelhas. Os resultados foram publicados na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

As abelhas, tanto selvagens como domésticas são consideradas os insetos mais eficazes na polinização das culturas de todo o mundo. No entanto, a contribuição levada a cabo por outros polinizadores cumpre, segundo esta investigação, “um papel importante” na produção agrícola e na estabilidade face às mudanças climáticas.

Segundo as medições dos investigadores, os insetos que não as abelhas contabilizam entre 25% e 50% das visitas às flores. “Os nossos resultados indicam que estes insetos trazem benefícios únicos às culturas”, diz Ignasi Bartomeus, investigador do CSIC na Estação Biológica de Doñana.

De facto, os insetos selvagens respondem de forma diferente das abelhas à presença de vegetação natural no ambiente, uma descoberta que pode ter implicações na hora de lutar contra as alterações que ocorrem com o uso dos solos. “O serviço prestado pelos insetos é valioso e dá alguma segurança para resolver este problema”, diz Bartomeus.

O trabalho também sugere que nem tudo está perdido com o declínio das populações de abelhas e que ambos os grupos de insetos são necessários para uma produção "ótima”. "Embora esses insetos sejam menos eficazes do que as abelhas, superam ligeiramente as visitas às flores, de modo que o papel que desempenham na polinização é compensado", disse Romina Rader, da Universidade de New England (Austrália), principal autora do estudo.


Fonte: El Blog de Phytoma

Comentários

  • Faça login para poder comentar.