publicado a: 2016-08-16

Bicos de pulverização

Imagem: flickr.com - Author: LandLearn NSW

A pulverização hidráulica é a forma mais comum de aplicação de produtos fitofarmacêuticos. Nesta, a calda resultante da mistura do produto com água, é pressurizada com recurso a uma bomba e posteriormente libertada através de bicos.

Estes são uma parte fundamental do pulverizador, devendo ser objeto de manutenção frequente (devem ser substituídos sempre que o seu débito não se encontre dentro do intervalo definido pelo fabricante). A sua escolha influencia o débito total do pulverizador e o volume de calda aplicado por hectare.

Para cada tipo de aplicação deve ser escolhido um tipo de bico que garanta um tamanho de gota e distribuição adequados à tarefa.

Para a aplicação de herbicidas, utiliza-se normalmente o bico de fenda, preparado para trabalhar a baixa pressão e com trajectória rectilínea das gotas.

Para aplicação de fungicidas e inseticidas, onde a cobertura da planta é fundamental, devem utilizar-se bicos de turbulência, que funcionam a pressões mais elevadas e produzem gotas mais pequenas. Garante-se assim que estes penetram no alvo biológico e aumentam a eficácia do produto.

Existem também no mercado outros tipos de bicos para aplicações específicas, tais como bicos de redução de arrastamento, defletores e "off-set" para aplicação de herbicidas em condições especiais.

por Hugo Pires
Engenheiro Agrónomo
suporte@agrozapp.pt


Conheça os tipos de bicos de pulverização mais utilizados:


Descarregue a infografia em formato pdf: Bicos de pulverização mais utilizados


Comentários

  • Faça login para poder comentar.